• Valéria Barros

5 pontos cruciais para elaborar um bom currículo em inglês



Como fazer um bom currículo em inglês é o assunto campeão das dúvidas dos meus clientes. Pensando nisso resolvi elaborar um currículo que eu utilizo na minha Mentoria e que é o modelo padrão para buscar vagas no exterior, não tem como errar!

Em inglês usamos a palavra “RESUME” ao invés de Curriculum Vitae, as duas tem o mesmo sentido, mas no padrão internacional é mais usado o Resume, que seria o resumo da sua experiência profissional.

Primeiramente vamos falar de 5 pontos cruciais na hora de elaborar um Currículo no padrão Internacional, siga estes conselhos e eu garanto, como uma profissional com 10 anos na área, que você terá destaque entre muitos outros concorrentes.

1. Apresentação e padronização do seu CV: cada país segue um padrão para receber e avaliar o seu currículo. A falta de padronização e apresentação faz toda a diferença na busca de emprego em outro país. Os recrutadores vão avaliar o seu perfil seguindo este padrão, se você não apresentar adequadamente as informações, corre um risco alto de não fazer parte da seleção, apenas por falta de comunicação. Antes de enviar o seu CV, pesquise sobre o modelo padrão daquele país, e não caia na armadilha de achar que o seu currículo está ótimo somente porque você tem muita experiência profissional. Se você não souber como divulgar o seu trabalho, o seu currículo não será atrativo para o mercado e os mecanismos de busca, como o linkedIn, por exemplo. Pense em Marketing Pessoal.

2. Concentre-se no essencial: já se foi o tempo em que os melhores currículos eram o mais extensos. Hoje em dia, em questão do tempo e stress do dia a dia, os recrutadores buscam clareza e comunicação efetiva na hora de selecionar um bom currículo. Seja objetivo e separe os temas em ordem criando uma sequência, começando sempre por suas atividades atuais. Seja claro e conciso.

3. Leia atentamente o seu CV depois de preenchido: por favor, nunca esqueça de revisar os erros de escrita e gramática do seu currículo, se for em inglês vale a pena consultar um profissional que fale o idioma para corrigir e revisar o seu currículo. Pense no custo benefício, você pagará apenas uma vez e terá um currículo sem erros desnecessários, como uma palavra escrita errada, por exemplo. Custo x Benefício!

4. Experiências extras curriculares: em inglês usamos Additional Skills e Other experiences para apresentar nossas habilidades extras. Aproveite este espaço para tornar o seu currículo diferenciado. Descreva aqui todos os seus cursos, especializações, intercâmbios, experiências internacionais, projetos, sistemas operacionais como SAP/Oracle para tornar o seu perfil mais atrativo para o mercado.

5. Idiomas: se você fala outro idioma, nunca deixe de mencionar no seu currículo, e sempre com o nível de conhecimento. Não adianta inserir o idioma se você não especificar em qual nível você se encontra, como básico, intermediário ou avançado. O seu nível de conhecimento em idiomas é um dos diferenciais mais usados na hora de avaliar o seu perfil profissional e assim sair em frente aos outros candidatos. Do it!

Agora que você já viu os 5 pontos cruciais para elaborar um bom currículo em inglês, mãos à obra! Hoje vou disponibilizar gratuitamente e especialmente para você um modelo de Currículo no Padrão Internacional que eu utilizo em minhas consultorias. Este modelo é internacional, porém mais usado na Europa, Canadá e USA. Aproveite e divirta-se!

Se você tem interesse em saber mais sobre: Planejamento de Carreira Internacional, Recolocação Profissional, mercado de trabalho no exterior, estamos aqui para lhe orientar e guiar, ajudando você a ingressar nesta sua nova jornada de morar e trabalhar no exterior.

Ficou com alguma dúvida?

Envie sua dúvida para o nosso e-mail que nós respondemos para você!

Gostou deste artigo? Compartilhe com os amigos.

Boa sorte!

Obrigada e abraços,

Valéria Barros

Consultora de Carreira Internacional

RH Clock-in

#Currículo #Carreira #Vagas #Europa

RH Clock-in | Salzburg - Austria
  • LinkedIn

RH Clock-in | Headhunter & Job hunter | Europe