• Valéria Barros

Preciso falar inglês para buscar vagas na Europa?



Ao iniciar o seu planejamento de Carreira Internacional, a primeira dúvida que vem à mente é Preciso falar inglês?

A resposta é SIM e NÃO. Se você quer buscar vagas e ser um candidato em potencial no mercado europeu, falar inglês será uma vantagem essencial nesta etapa. A globalização e o avanço da tecnologia fez deste requisito como "mínimo" dentre os mais buscado pelos recrutadores e empresas internacionais.

A maioria das empresas internacionais são globalizadas e atendem o mercado no mundo todo, por isso definem seu idioma oficial como o inglês, empregando-o nas rotinas do dia a dia, documentação e procedimentos internos, reuniões entre outras atividades. Devido a este fator, existe hoje a necessidade de se falar inglês nas multinacionais, para ampliar a comunicação interna e potencializar clientes, visando o mercado internacional e novas oportunidades no mundo todo.

A carreira de um profissional que fala inglês, é sem dúvidas, muito mais abrangente do que para aqueles que não falam um segundo idioma. As oportunidades não tem fronteiras para este profissional, uma vez que o inglês é o terceiro idioma mais falado no mundo, estando atrás apenas do mandarim e espanhol. Somente na Europa você terá mais de 3 países de oportunidades, caso tenha o inglês como uma segunda língua.

• Países que tem o inglês como Idioma Oficial na Europa:

-> Reino Unido (Escócia, Inglaterra, País de Gales e Irlanda do Norte): com uma população de aproximadamente 63 milhões de habitantes, o inglês é a língua oficial nestes países.

-> Malta: são 425 mil habitantes e o inglês é também utilizado na educação dentro do país.

-> Irlanda: 4,5 milhões de irlandeses utilizam o inglês como língua oficial.

Na maioria dos países da Europa é possível viver, trabalhar e estudar dominando apenas o inglês. Obviamente que, para quem fala o idioma oficial do país, as chances são bem maiores. O importante é que, mesmo considerado o inglês como um idioma global, também é importante dominar o idioma oficial do país onde você pretende viver e trabalhar. Um bom exemplo seria a França, a famosa e histórica “divergências” entre a França e a Inglaterra deixou marcas que podem ser sentidas até hoje, pois a maioria da população simplesmente se recusa a falar inglês, mesmo tendo o conhecimento.

Por outro lado, existem alguns países onde falar inglês também é uma vantagem, seja na hora de imigrar, viver ou trabalhar, a maioria da população tem inglês suficiente (ou deveria ter, pois aprendem na escola desde criança) para uma conservação ou no dia a dia do trabalho, facilitando para os imigrantes a integração e adaptação no país.

Países onde a maior parte da população possui conhecimentos suficiente de inglês:

• Suíça, Alemanha, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Polônia, Dinamarca, Suécia, Noruega e Finlândia.

Dentre todos os fatores, saiba que para viver na Europa apenas com o inglês é essencial dar preferência e morar em uma "capital", onde a população é mais urbana e uma grande parcela domina o inglês, devido ao turismo, diversidade cultural entre outros. Se você optar por uma cidade do interior, as dificuldades serão bem maiores, e neste caso será imprescindível dominar o idioma local.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos.

Ficou com alguma dúvida?

Envie sua dúvida que eu respondo para você.

-> Quer saber mais sobre o meu trabalho e a Consultoria de Carreira na Europa?

Clique aqui e entre em contato.

Quer receber dicas e notícias sobre "Carreira Internacional" direto no seu e-mail? Inscreva-se já na minha NEWSLETTER.

Aproveite e curta a nossa Fanpage no facebook e siga a gente no Linkedin.

Boa sorte!

Obrigada e um forte abraço.

Valéria Barros

Consultora de Carreira Internacional

RH Clock-in

contact@rhclockin.com

#Planejamento #Europa #Vagas #recrutamento #Estudos

RH Clock-in | Salzburg - Austria
  • LinkedIn

RH Clock-in | Headhunter & Job hunter | Europe