Por que alguns profissionais conseguem emprego no exterior e eu não?



Todo mundo tem um amigo, que tem um amigo que mora e vive no exterior, isso é um fato. Com o avanço da tecnologia e acesso à internet, as empresas globalizadas conseguem buscar e encontrar profissionais qualificados no mundo inteiro em apenas alguns cliques.

Com a experiência de viver em 4 países diferentes, aprender 3 novos idiomas e conhecer culturas e profissionais do mundo inteiro, eu posso lhe dizer que a oportunidade de conseguir um emprego em outro país existe sim, porém somente para quem está preparado e dedicado a investir tempo e dinheiro neste sonho.

Primeiramente, para que isso aconteça e esta oportunidade também chegue até você, existem vários fatores a serem considerados. Como profissional que almeja uma Carreira Internacional, é preciso pesquisar e orientar-se sobre o mercado de trabalho no exterior, considerando fatores como:

  • Economia do país

  • Demanda de profissionais na sua área de atuação

  • Perfil Profissional e Trajetória de Carreira

  • Formação e Especialização

  • Idiomas e conhecimentos técnicos

  • Entre outros

Um importante fator ser considerado neste momento é a economia do país que você busca uma oportunidade. Anualmente os países ao redor do mundo divulgam uma Lista de Profissões em Demanda, que devem ser atendidas e preenchidas com o intuito de melhorar a economia e diminuir o desemprego dentro daquele país. Caso o seu amigo, por exemplo, atue na área de TI, ele tem grandes chances de trabalhar e seguir uma carreira internacional em vários países ao redor do mundo como Holanda, República Tcheca, Alemanha, entre outros.

Para você ter um exemplo desta lista, confira abaixo as profissões em demanda na Áustria para o ano de 2017:

Se você, ou o amigo do seu amigo, é um profissional qualificado, possui experiência profissional, fala outro idioma, tem formação e especialização na área, as chances de conseguir um emprego no exterior são altas, mas para que isso aconteça é claro que exige tempo e dedicação.

Muitos profissionais que hoje trabalham e moram no exterior passaram grande parte de suas vidas planejando este momento, que com certeza não ocorreu de uma hora para outra.

O primeiro passo é analisar se você é um profissional que o mercado internacional busca, possuindo as principais competências e habilidades de um profissional diferenciado no mercado, como:

  • Diversidade cultural e bom trabalho em equipe

  • Especializado em cursos e certificações relevantes (SAP, Microsoft, entre outros)

  • Multilíngue – vários idiomas

  • Atualizado com programas e tecnologias inovadoras

  • Formação e Especialização na área de atuação

  • Flexível

Confira aqui o meu artigo sobre as competências que o mercado busca em um profissional para lhe ajudar:

Se você acredita que possui estas competências e habilidades, busca e aplica para vagas no exterior, porém não tem retorno, então algo está errado e precisa ser corrigido. Pode ser o seu currículo, mal organizado e com falta de informações relevantes, uma carta de apresentação sem objetivo de carreira, ou